Política

Gabrielli recorre contra bloqueio por suposto sobrepreço de R$ 960 mi em refinaria

Ministros do TCU determinaram o confisco pelo prazo de um ano no processo 

[Gabrielli recorre contra bloqueio por suposto sobrepreço de R$ 960 mi em refinaria]
Foto : Alexandre Campbell

Por Metro1 no dia 15 de Outubro de 2018 ⋅ 07:40

O ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, pediu novamente ao Supremo Tribunal Federal para derrubar a decisão do Tribunal de Contas da União que determinou o bloqueio de seus bens, segundo o jornal Estado de São Paulo.

Os ministros do TCU determinaram o confisco pelo prazo de um ano no processo que envolve o superfaturamento de R$ 960 milhões em obras na Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

Além de Gabrielli, que hoje coordena a campanha presidencial de Fernando Haddad (PT), o ex-diretor da Petrobras, Renato Duque; o falecido empreiteiro da Queiroz Galvão, Idelfonso Colares; Valdir Lima Carreiro, da Iesa são alvos da cautelar. 

Notícias relacionadas

[Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA]
Política

Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA

Por Juliana Almirante no dia 23 de Outubro de 2019 ⋅ 07:40 em Política

No entanto, o terceiro filho do presidente negou que a conquista da liderança do PSL na Câmara Federal tenha sido o fator determinante para a decisão