Política

Haddad defende solução democrática para Venezuela

Presidenciável do PT criticou o que chama de tentativa dos EUA de influenciar a América do Sul

[Haddad defende solução democrática para Venezuela]
Foto : Reprodução/Arquivo/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 15 de Outubro de 2018 ⋅ 17:40

Ao falar sobre os desafios de governos vizinhos, como a Venezuela, o presidenciável do PT, Fernando Haddad, criticou o que chama de tentativa dos EUA de influenciar a América do Sul. As afirmações foram feitas hoje (15) em entrevista à Rádio Capital.

Ele afirmou que a preocupação com os vizinhos tem que ser permanente. "Não podemos correr o risco de declarar guerra à Venezuela ou permitir a instalação de uma Base dos Estados Unidos no Brasil", afirmou Haddad, em referência a uma negociação entre os governos brasileiro e americano para utilizar a Base de Lançamento de Alcântara, da Força Aérea Brasileira, no Maranhão.

Haddad ainda citou os conflitos permanentes no Oriente Médio, motivados pelo petróleo. "Se a Venezuela está com problemas, não é a guerra a solução. Temos de chamar a ONU. Chegar na Venezuela com uma solução democrática. Sou contra o militarismo", disse o petista.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo