METROPOLE

Terça-feira, 18 de maio de 2021

Política

Nilo diz que virou político de 'segundo plano' no governo de Rui

Em entrevista a Mário Kertész, o parlamentar disse que outros partidos da base aliados tiveram prioridade, diferente do que ocorreu na gestão de Jaques Wagner (PT)

Nilo diz que virou político de 'segundo plano' no governo de Rui

Foto: Tácio Moreira/Metropress

Por: Matheus Simoni e Rodrigo Daniel Silva no dia 16 de outubro de 2018 às 08:27

O deputado federal eleito Marcelo Nilo (PSB) afirmou que se tornou um político de segundo plano durante a gestão de Rui Costa (PT) no governo do Estado. Em entrevista a Mário Kertész durante o Jornal da Bahia no Ar da Rádio Metrópole hoje (16), o parlamentar disse que outros partidos da base aliados tiveram prioridade, diferente do que ocorreu na gestão de Jaques Wagner (PT).

"Cheguei a ser o político mais forte depois do governador [na gestão de Jaques Wagner]. Com Rui Costa, não. Ele teve uma visão política de prestigiar o PSD e o PP. Que também deu certo. O PSB, Marcelo Nilo e Lídice da Mata ficaram em segundo plano", declarou.

No entanto, Nilo fez elogios a Rui Costa, considerado por ele um dos maiores gestores que a Bahia já viu. "Foi o maior gestor que conheci na vida. Como político, ele deu certo. [...] Mas fez uma aliança com dois partidos, o PP e PSD, e outros ficaram secundário. Todos caíram. o PSD e PP cresceram. Isso foi uma realidade", afirmou.

TV METRO

Entrevistas

Zé Cocá

Em 18 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Nilo diz que virou político de 'segundo plano' no governo de Rui - Metro 1