Política

Haddad admite que esperava apoio maior de FHC

Declaração veio após afirmação do tucano de que porta entre os dois estaria 'enferrujada'

[Haddad admite que esperava apoio maior de FHC]
Foto : Douglas Magno / AFP

Por Lara Ferreira no dia 17 de Outubro de 2018 ⋅ 16:00

Após declaração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) de que a porta entre Fernando Haddad (PT) e ele está agora com a fechadura "enferrujada", o presidenciável admitiu que não recebeu o apoio que gostaria do tucano. "Quando ele falou que tinha uma porta eu ouvi isso com alguma esperança. Só soube que ela estava enferrujada hoje, então ele está aos poucos contando toda a história", afirmou Haddad durante coletiva de imprensa.

"A vida é assim. A história às vezes cobra os nossos posicionamentos. Nem sempre avisa", disse o petista, referenciando a derrota do PSDB logo no primeiro turno da disputa presidencial. "O Alckmin foi traído pelo partido ainda no primeiro turno".

Haddad repetiu que procurou organizar uma frente com os "democratas" contra a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) e que recebeu o apoio individual de lideranças do PSDB. "Nem todos vão atuar da maneira como eu gostaria e como eu sugeriria para uma pessoa com a formação que ele (FHC) tem".

Notícias relacionadas

[ACM Neto nega fusão do DEM com o PSL]
Política

ACM Neto nega fusão do DEM com o PSL

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Outubro de 2019 ⋅ 08:00 em Política

Prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM avaliou que falta maturidade política aos membros da sigla de Jair Bolsonaro