Política

Defesa pede que senador preso exerça o mandato durante o dia

Acir Gurgacz foi condenado em regime semiaberto por crime contra o sistema financeiro nacional

[Defesa pede que senador preso exerça o mandato durante o dia]
Foto : Marcos Oliveira/Agência Senado

Por Juliana Rodrigues no dia 19 de Outubro de 2018 ⋅ 07:40

A defesa do senador Acir Gurgacz (PDT-RO) pediu ontem (18) ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para que o parlamentar exerça o mandato na casa durante o dia.

Após determinação do ministro Alexandre de Moraes, Gurgacz está preso na Penitenciária da Papuda, em Brasília, onde cumpre a pena de 4 anos e 6 meses em regime semiaberto pela prática de crime contra o sistema financeiro nacional.

No entendimento dos advogados, o senador tem direito ao trabalho externo por ter sido condenado em regime semiaberto. O mandato dele termina em 2023, e o Senado deverá discutir se o parlamentar será cassado após a condenação. O relator Alexandre de Moraes vai analisar o caso.

Notícias relacionadas