Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

PGR se cala sobre fala de Eduardo Bolsonaro

No domingo, 21, a PGR já havia dito que não se manifestaria. Hoje, entretanto, o órgão passou a ser pressionado

[PGR se cala sobre fala de Eduardo Bolsonaro]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 22 de Outubro de 2018 ⋅ 15:00

A Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiu não se posicionar sobre as falas de Eduardo Bolsonaro sobre o Supremo Tribunal Federal (STF). Por meio de nota, divulgada pela assessoria hoje (22), se houver manifestação, será feita por meio dos autos. No domingo, 21, a PGR já havia dito que não se manifestaria. Hoje, entretanto, o órgão passou a ser pressionado.

O ministro Alexandre de Moraes (STF) chegou a pedir que o órgão abra uma investigação contra o parlamentar eleito por São Paulo. Em vídeo gravado em julho, Bolsonaro afirmou que bastariam “um soldado e um cabo” para fechar o Supremo. Para o ministro Alexandre de Moraes, as declarações do deputado são “absolutamente irresponsáveis”.

Notícias relacionadas