Política

Doria responde suposta sex tape: 'Fake news'

Ao lado da esposa, o ex-prefeito de São Paulo lamentou o vídeo, que atribuiu à voracidade da campanha pelo estado

[Doria responde suposta sex tape: 'Fake news']
Foto : Wilson Dias/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 23 de Outubro de 2018 ⋅ 17:57

Em resposta à suposta sex tape que circula nas redes sociais, o postulante ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) gravou um vídeo ao lado da esposa, Bia Doria, com quem é casado há 26 anos.

Nas imagens, o ex-prefeito de São Paulo afirma respeitar a própria família e que o vídeo é vergonhoso e uma fake news. "Produzido por alguém que só quer o meu mal, o mal da minha família", disse.

Doria afirmou ainda que pediu que um perito criminal investigue o vídeo e que medidas criminais fossem impostas aos autores das imagens.

O candidato ao governo de São Paulo ainda lamentou o que caracteriza como a voracidade da campanha pelo estado. "Lamento muito que a campanha em SP tenha chegado a esse nível de ferir a nossa família, de ferir um conceito que eu sempre preservei. Peço desculpas para você pelo nível desta campanha em São Paulo, eu não imaginei que por estarmos liderando essa campanha, o vale tudo começasse principalmente neste nível nos últimos dias de campanha", afirmou.

Em um aceno ao presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, Doria disse que o capitão reformado também é atacado. O ex-gestor da capital paulista afirmou ainda que vai resistir aos "ataques" em prol de São Paulo e do Brasil. "Nós resistiremos, resistiremos por São Paulo, por defender São Paulo, por defender o Brasil, e ao defender SP e o Brasil, defendemos a nossa família", concluiu.

Confira o vídeo completo abaixo:

Notícias relacionadas