Política

Bolsonaro nega desconfiança em ministra: 'Também sou réu no Supremo, e daí?'

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, Tereza Cristina (DEM-MS) concedeu incentivos fiscais ao grupo JBS na mesma época em que manteve uma “parceria pecuária” com a empresa

[Bolsonaro nega desconfiança em ministra: 'Também sou réu no Supremo, e daí?']
Foto : Antônio Cruz/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 18 de Novembro de 2018 ⋅ 16:30

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) negou que tenha desconfiança na futura ministra da Agricultura de seu governo, Tereza Cristina (DEM-MS), que concedeu incentivos fiscais ao grupo JBS na mesma época em que manteve uma “parceria pecuária” com a empresa. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, as concessões ocorreram quando ainda era secretária do agronegócio do então governador André Puccinelli (MDB-MS), preso em julho Polícia Federal sob acusação de corrupção. Em visita à competição mundial de jiu-jitsu Abu Dhabi Grand Slam, no Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro. Bolsonaro disse que Cristina "goza de toda a sua confiança". 

"Eu também sou réu no Supremo [Tribunal Federal], e daí? Tenho que renunciar ao meu mandato? Ela já foi julgada? Eu desconheço. Apenas um processo foi apresentado?", declarou Bolsonaro. "Assim como eu já fui representado umas 30 vezes na Câmara, e não colou nenhum."

"Afinal de contas sou um ser humano, posso errar, e se qualquer ministro tiver uma acusação grave e comprovada a gente toma uma providência. Nesse momento ela goza de toda a confiança nossa", afirmou. 

Notícias relacionadas

[Ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro deixa a prisão]
Política

Ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro deixa a prisão

Por Matheus Simoni no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 16:27 em Política

De acordo com a colaboração do ex-presidente da empresa, ele ficará preso em casa com monitoramento de tornozeleira eletrônica

[Após Roda Viva, Temer nega 'golpe': 'Jamais houve isso']
Política

Após Roda Viva, Temer nega 'golpe': 'Jamais houve isso'

Por Juliana Almirante no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 11:17 em Política

Ex-presidente levantou polêmica nas redes sociais ao usar na TV a palavra "golpe", frequentemente utilizada pela oposição para se referir ao impeachment

[CPMI das Fake News vota plano de trabalho hoje]
Política

CPMI das Fake News vota plano de trabalho hoje

Por Juliana Almirante no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Além dos estudos e pareceres técnicos elaborados, a intenção é incluir ferramentas de consulta pública