Política

Bolsonaro: 'Povo brasileiro não sabe o que é ditadura ainda'

O presidente eleito também falou em cortar o financiamento a organizações não governamentais no Brasil

[Bolsonaro: 'Povo brasileiro não sabe o que é ditadura ainda']
Foto : Rogério Melo/PR

Por Alexandre Galvão no dia 20 de Novembro de 2018 ⋅ 07:00

Presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) conversou nesta segunda (19) por telefone com o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, líder de ultradireita criticado por políticas anti-imigração e discursos antissemitas, e disse que os dois países serão “grandes parceiros para o futuro”.

Durante a conversa, Bolsonaro disse que o país "não sabe o que é ditadura ainda". "“[A Hungria] é um país que sofreu muito com o comunismo no passado. É um povo que sabe o que é ditadura. O povo brasileiro não sabe o que é ditadura aqui ainda, o que é sofrer nas mãos dessas pessoas. E ele está feliz com a nossa eleição”, disse Bolsonaro, em entrevista na porta de sua casa, após voltar do banco.

O presidente eleito também falou em cortar o financiamento a organizações não governamentais no Brasil ao ser questionado a respeito de punição a ONGs que fazem campanhas para proteger imigrantes na Hungria.

“Se são não governamentais, por que receber dinheiro do governo? Nós vamos dar um tratamento específico para ONGs no Brasil. Empresa pública não vai financiar ONGs para fazer campanha contra o interesse nacional."

Bolsonaro não deixou claro, porém, que ONGs poderiam ser alvo de corte.

Notícias relacionadas