Política

Secretário diz que polícia identificou participantes do assassinato de Marielle

Richard Nunes afirmou que pretende entregar o caso solucionado ao final do período da intervenção federal

[Secretário diz que polícia identificou participantes do assassinato de Marielle]
Foto : Mário Vasconcellos/CMRJ

Por Marina Hortélio no dia 22 de Novembro de 2018 ⋅ 15:20

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, general da ativa Richard Nunes, afirmou que a Polícia Civil já identificou alguns envolvidos no assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson, mortos a tiros no centro do Rio em 14 de março.

De acordo com Nunes, a polícia ainda não realizou as prisões por acreditar que se um dos participantes for preso, é possível que os outros escapem.

Nunes afirmou que pretende entregar o caso solucionado ao final do período da intervenção federal, que vai ser encerrada no dia 31 de dezembro, conforme determina o decreto assinado em fevereiro pelo presidente Michel Temer.

O secretário de Segurança Pública ainda confirmou a suspeita de que grupo milicianos estariam envolvidos no crime. Nunes disse ainda que "provavelmente" políticos teriam participação na morte da vereadora.

Notícias relacionadas

[PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido]
Política

PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido

Por Metro1 no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 18:44 em Política

Sigla destaca que é a única com 98% de votações favoráveis ao governo federal e que não compactua com eventuais desgastes

[PF montou em um dia operação contra Bivar]
Política

PF montou em um dia operação contra Bivar

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 11:00 em Política

Além da casa de Bivar no Recife e da sede do partido, estão entre os alvos endereços de três ex-candidatas do PSL