Política

TSE recomenda aprovação com ressalvas da campanha de Bolsonaro

Mesmo com as 23 "inconsistências" encontradas na prestação enviada ao Tribunal, a área técnica da corte entendeu que os pontos não comprometiam a regularidade

[TSE recomenda aprovação com ressalvas da campanha de Bolsonaro]
Foto : Fernando Frazão / Agência Brasil

Por Daniel Brito no dia 24 de Novembro de 2018 ⋅ 18:00

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomendou hoje (23) aos ministros do tribunal, por meio de sua área técnica, a aprovação com ressalvas das contas de campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Na análise, os peritos encontraram 23 "inconsistências" na prestação enviada ao Tribunal. Ainda assim, a aprovação das contas foi recomendada por, no entedimento da área técnica, esses pontos não comprometerem a regularidade.

O caso está previsto para ser analisado pelos ministros no próximo dia 4 de dezembro. Para a diplomação de Bolsonaro, marcada para o dia 10 de dezembro, acontecer, é necessário que o TSE julgue as contas antes disso.

"Esta unidade técnica opina pela aprovação com ressalvas das contas do candidato eleito à Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, [...] em razão da identificação de irregularidades e impropriedades que, no conjunto, não comprometem a regularidade das contas", diz o parecer.

 

Notícias relacionadas

[Ação do DEM no STF pode tirar o mandato de 27 deputados]
Política

Ação do DEM no STF pode tirar o mandato de 27 deputados

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Dezembro de 2018 ⋅ 08:00 em Política

Processo que questiona as novas regras para a divisão de cadeiras remanescentes tem o potencial de rachar o Centrão, segundo a Coluna do Estadão