Política

Se escola tiver partido, que seja dos dois lados, diz Bolsonaro

Uma das bandeiras bolsonaristas, o projeto Escola Sem Partido foi arquivado em dezembro do ano passado

[Se escola tiver partido, que seja dos dois lados, diz Bolsonaro]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Leo Sousa no dia 28 de Abril de 2019 ⋅ 14:30

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a fazer críticas, neste domingo (28), ao que ele aponta como doutrinação praticada por professores em sala de aula.

Ao chegar à casa de seu filho mais velho, o senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), em Brasília, o presidente defendeu que, se houver partido nas escolas, “que seja dos dois lados".

“Não pode ter um lado só na sala de aula. Isso leva ao que nós não queremos. Nós queremos escola sem partido, mas, se tiver partido, que seja dos dois lados”, afirmou.

Uma das bandeiras bolsonaristas, o projeto Escola Sem Partido foi arquivado em dezembro do ano passado após o encerramento da comissão especial da Câmara dos Deputados que discutia a matéria. 

Notícias relacionadas