Política

Demitido em público por Bolsonaro, presidente dos Correios anuncia saída do cargo

Segundo presidente, o militar teria se comportado como "sindicalista" e se manifestou contrário à privatização da estatal, defendida pelo presidente

[Demitido em público por Bolsonaro, presidente dos Correios anuncia saída do cargo]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 19 de Junho de 2019 ⋅ 12:31

Demitido publicamente pelo presidente Jair Bolsonaro, na última sexta-feira (14), o presidente dos Correios, general Juarez Cunha, anunciou nesta quarta-feira (19) que vai se afastar do cargo.

"Hoje me afasto dos Correios. Foram 7 meses de alegria, obtivemos excelentes resultados, conduzimos a recuperação da Empresa e fizemos grandes amigos. Saldo muito positivo e a certeza que vocês continuarão no cumprimento da missão. Um abraço a todos!", declarou Cunha em uma rede social.

Segundo Bolsonaro, o militar teria se comportado como "sindicalista" e se manifestou contrário à privatização da estatal, defendida pelo presidente.

Ontem (18), no entanto, Juarez foi trabalhar normalmente. O general assumiu o comando dos Correios em novembro do ano passado, nomeado pelo então presidente da República, Michel Temer. Na troca de governo, ele foi mantido no comando da estatal.

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar