Política

Indicações ao novo Coaf ficarão com presidente do BC, diz Bolsonaro

Questionado sobre brecha aberta na MP para possíveis indicações políticas para o órgão, o presidente admitiu que pode reeditar o texto "se tiver qualquer falha"

[Indicações ao novo Coaf ficarão com presidente do BC, diz Bolsonaro]
Foto : Clauber Cleber Caetano/PR

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Agosto de 2019 ⋅ 11:40

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (20) que as indicações para a Unidade de Inteligência Financeira (UIF), novo nome dado para o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), serão responsabilidade de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central. Ontem (20), Bolsonaro assinou uma medida provisória que muda o nome do órgão de Coaf para UIF, além de transferi-lo do Ministério da Economia para o BC.

Questionado por jornalistas sobre uma brecha aberta na MP para que sejam feitas indicações políticas para a UIF, o presidente admitiu que pode reeditar o texto "se tiver qualquer falha". O texto viabiliza a indicação de pessoas em cargos comissionados, que podem não ser funcionários concursados, para compor o quadro técnico-administrativo do órgão.

"Até o momento indicações para o Coaf eram 100% políticas, está diminuindo isso aí. Se tiver qualquer falha na MP, eu reedito", afirmou. "A proposta inicial do decreto teria um filtro por parte do Executivo para algumas pessoas, eu tirei fora, quando vi tirei fora. Vai ficar totalmente nas mãos do Roberto Campos Neto", disse.

Notícias relacionadas