Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Defesa de Lula diz que pedido para anular condenação é 'tentativa de manipular a verdade'

Advogado Cristiano Zanin Martins diz que vai buscar todas as medidas jurídicas cabíveis para pedido de anular todo o processo seja julgado

[Defesa de Lula diz que pedido para anular condenação é 'tentativa de manipular a verdade']
Foto : Fernando Frazão/ Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 24 de Outubro de 2019 ⋅ 21:30

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou o pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF) de anular a condenação de Lula, na primeira instância, no caso do sítio de Atibaia.

Em nota, a defesa disse que há uma "tentativa de manipular a verdade nos processos envolvendo o ex-presidente" e que aguarda a anulação completa do processo.

O parecer foi protocolado pela procuradora depois de o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) marcar para a próxima semana o julgamento para decidir se a sentença de condenação de Lula, no caso de sítio, será anulada.

O MPF havia pedido que o processo voltasse à 1ª instância, ao citar a determinação do STF de que réus delatados devem fazer alegações finais depois dos réus delatores.

O advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, afirmou, no comunicado, que nas razões de apelação apresentadas ao TRF-4 em junho, a defesa pediu a declaração da nulidade total do processo relativo ao sítio de Atibaia, assim como dos demais processos que foram conduzidos pelo ex-juiz federal e atual ministro Sergio Moro.

Zanin também informou que a defesa vai buscar todas as medidas jurídicas cabíveis para que o tribunal analise esse pedido de anular todo o processo.

Notícias relacionadas