METROPOLE

Quinta-feira, 06 de maio de 2021

Política

Alvo de bolsonaristas, Witzel põe polícia para investigar vídeo de ataque

Vídeo acusa governador do Rio de se aliar à Globo para "tentar destruir a imagem" de Bolsonaro

Alvo de bolsonaristas, Witzel põe polícia para investigar vídeo de ataque

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por: Juliana Rodrigues no dia 02 de novembro de 2019 às 17:20

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), determinou que a Polícia Civil do estado investigue a origem de um vídeo que passou a circular nas redes sociais e que usa uma montagem para atacá-lo. Um inquérito foi instaurado ontem (1º) pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, que vai apurar a origem dos arquivos e analisar também o eventual uso de ferramentas para disparo em massa. A informação é da Folha.

O vídeo, produzido em meio ao embate de Witzel com bolsonaristas, foi distribuído principalmente por WhatsApp e mistura críticas a ele e à TV Globo. Afirma que o governador se aliou à emissora para “tentar destruir a imagem do presidente da República”, em discurso semelhante ao feito pelo presidente Jair Bolsonaro após uma reportagem do Jornal Nacional, da TV Globo. A emissora revelou que um depoimento do porteiro do condomínio Vivendas da Barra cita o presidente no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL).

Bolsonaro acusou Witzel de ter vazado a informação sigilosa à emissora, mas o governador nega. Hoje (2), o presidente voltou a criticar Witzel e, sem apresentar evidências, disse que ele manipulou o caso Marielle.

O vídeo que circula nas redes ainda afirma que o governador é “o pretenso candidato da Globo a presidente da República” e que “vai liberar dinheiro” para a emissora. No fim, a narração pede para que o vídeo seja viralizado para evitar que o presidente seja atingido.

TV METRO

Entrevistas

Xangai

Em 06 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Alvo de bolsonaristas, Witzel põe polícia para investigar vídeo de ataque - Metro 1