Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Bolsonaro sugere lugar de execução da ditadura para servidores de órgãos federais ambientais

Presidente falou da ‘ponta da praia’, gíria da ditadura militar

[Bolsonaro sugere lugar de execução da ditadura para servidores de órgãos federais ambientais]
Foto : Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 03 de Novembro de 2019 ⋅ 14:00

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) sugeriu que servidores de órgãos federais ambientais vão para a “ponta da praia”, um lugar de execução da ditadura militar no Rio de Janeiro. O mandatário comentava as dificuldades do dono da Havan, Luciano Hand, para conseguir uma licença ambiental para construção de uma loja da rede em Rio Grande (RS).

"Eu tenho ascendência, porque os diretores, o presidente têm mandato, porque se não tivessem, eu cortava a cabeça mesmo. Quem quer atrapalhar o progresso vai atrapalhar na ponta da praia, aqui não”, declarou Bolsonaro durante transmissão em redes sociais. “Ponta da praia” era uma gíria que se referia à uma base da Marinha na Restinga de Marambaia (RJ), usada para execução de presos políticos.

Notícias relacionadas