Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Deputados acusam Dallagnol de 'instrumentalizar' acordo da Petrobras com os EUA

Reclamação disciplinar foi apresentada ao Corregedor-Geral do Conselho Nacional do Ministério Público

[Deputados acusam Dallagnol de 'instrumentalizar' acordo da Petrobras com os EUA]
Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Marcela Vilar no dia 10 de Novembro de 2019 ⋅ 10:30

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), líder do PT na Câmara, acusou o coordenador da Operação Lava Jato Deltan Dallagnol e outros cinco integrantes da força-tarefa de 'instrumentalizar' a punição da Petrobras perante o Departamento de Justiça e da Comissão de Valores Imobiliários dos EUA. 

Pimenta apresentou a reclamação disciplinar junto a outros três deputados petistas ao Corregedor-Geral do Conselho Nacional do Ministério Público. Os parlamentares questionam o que chamam de direcionamento de 50% dos valores devolvidos pela Petrobras por esquemas nos Estados Unidos à 'satisfação de eventuais condenações ou acordos com acionistas que investiram no mercado acionário brasileiro e ajuizaram ação de reparação'.

A força-tarefa do Paraná disse que a reclamação 'não faz o menor sentido'. "A destinação de recursos do acordo a minoritários ficou condicionada a futuras condenações da Petrobrás em ações ou arbitragens propostas por minoritários, ou a acordos feitos pela Petrobrás diretamente com os minoritários, a critério da estatal", justificou.

Notícias relacionadas