Política

CGU aponta distorção de R$ 82 milhões em conta do Ministério do Trabalho

Segundo a coluna de Guilherme Amado, na revista Época, pasta tinha dívidas não-contabilizadas com quatro credores

[CGU aponta distorção de R$ 82 milhões em conta do Ministério do Trabalho]
Foto : Arquivo / Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 28 de Janeiro de 2020 ⋅ 10:20

A Controladoria-Geral da União identificou uma distorção de R$ 82 milhões em uma conta do Ministério do Trabalho em 2018, que reunia dívidas com outros órgãos do governo. Segundo informações da coluna de Guilherme Amado na revista Época, a auditoria, referente a 2018, foi feita de 29 de abril a 18 de julho de 2019. No governo Bolsonaro, a pasta foi absorvida pelos ministérios da Economia, Justiça e Cidadania.

Os auditores buscaram analisar as dívidas do Ministério do Trabalho com credores nacionais. A pasta contabilizava um saldo de R$ 13 milhões, número que foi questionado pela CGU. Após checagens em quatro credores — Caixa Econômica, Banco do Brasil, Dataprev e Serpro —, os auditores notaram a distorção de R$ 82 milhões, sendo que só com a Dataprev, foram R$ 64 milhões não contabilizados.

A CGU ainda apontou "impropriedades e irregularidades na gestão contábil e orçamentária do extinto Ministério do Trabalho", e afirmou que há 174 recomendações pendentes de resposta do ministério, sendo as mais antigas feitas em 2010.

Notícias relacionadas

[Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro]
Política

Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro

Por Luciana Freire no dia 22 de Fevereiro de 2020 ⋅ 18:00 em Política

Em entrevista à equipe de televisão, no Guarujá, onde passa o carnaval, Bolsonaro afirmou que o texto será entregue após o carnaval

[Bolsonaro anuncia demissão de toda a diretoria do Inmetro]
Política

Bolsonaro anuncia demissão de toda a diretoria do Inmetro

Por Luciana Freire no dia 22 de Fevereiro de 2020 ⋅ 16:00 em Política

“Implodi o Inmetro. Implodi. Mandei todo mundo embora”, afirmou o presidente na porta de um supermercado no Guarujá, onde passa o feriado de carnaval