Política

Contratada sem licitação, campanha 'Brasil Não Pode Parar' vai custar R$ 4,8 milhões

Carlos Bolsonaro escolheu a proposta vencedora, da agência iComunicação

[Contratada sem licitação, campanha 'Brasil Não Pode Parar' vai custar R$ 4,8 milhões]
Foto : Reprodução

Por Juliana Almirante no dia 27 de Março de 2020 ⋅ 12:00

O governo do presidente Jair Bolsonaro vai gastar R$ 4,8 milhões com a campanha publicitária para defender a tese do isolamento vertical, com o slogan "O Brasil Não Pode Parar". 

A informação é da coluna de Guilherme Amado, da Época.  

A contratação foi feita sem licitação por ser classificada como emergencial. O conteúdo é produzido pela agência iComunicação.

A Secom avaliou três propostas e o martelo foi batido por Carlos Bolsonaro. O Secretário Fabio Wajngarten ainda não retornou totalmente à ativa.

A peça central da campanha é um vídeo, ainda não finalizado, que já foi compartilhado para a militância digital do presidente e circula em grupos de WhatsApp. A previsão é de que o vídeo seja colocado no ar amanhã (28). 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro assina reajuste a policiais do DF]
Política

Bolsonaro assina reajuste a policiais do DF

Por Luciana Freire no dia 26 de Maio de 2020 ⋅ 18:20 em Política

MP foi assinada no início da tarde em uma cerimônia fechada no Palácio do Planalto; aumento será de 25% para policiais militares e bombeiros e de 8% para policiais civis