Política

Presidente da Câmara cobra planejamento do governo ante crise do coronavírus

Maia cobrou diretamente o ministro da Economia, Paulo Guedes, que havia falado da necessidade de aprovação de medidas por parte da Câmara

[Presidente da Câmara cobra planejamento do governo ante crise do coronavírus]
Foto : Cleia Viana/Agência Câmara

Por Matheus Simoni no dia 01 de Abril de 2020 ⋅ 10:31

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou mais uma vez a falta de planejamento do governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) frente à pandemia do novo coronavírus. Em teleconferência realizada hoje (1º) pelo Banco Bradesco, o parlamentar reforçou a necessidade de trabalhar com planos para organizar a volta à normalidade o mais rápido possível.

“[O governo] não terminou de resolver a renda [básica emergencial], não resolveu a questão do emprego, da ajuda às empresas”, pontuou o deputado. “Vamos organizar isso primeiro para dar esse conforto mínimo à sociedade, para que o governo possa depois ir avaliando [medidas para voltar ao normal]”, acrescentou.

Ontem (31), Maia cobrou diretamente o ministro da Economia, Paulo Guedes, que havia falado da necessidade de aprovação de medidas por parte da Câmara. Segundo Guedes, a efetivação dos pagamentos dependia da aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) pelo Legislativo. "Eu acho importante porque, se o ministro Paulo Guedes falou hoje, se ele estiver certo hoje, o governo mentiu na ação que impetrou no Supremo Tribunal Federal com o ministro Alexandre de Moraes", afirmou Maia em sessão na Câmara.

Notícias relacionadas