Política

Em reunião com ministros, Bolsonaro disse que troca na PF seria para proteger família

Segundo fontes que tiveram acesso ao vídeo, Bolsonaro disse que, para garantir o acesso às informações da PF-RJ, demitiria até o então ministro da Justiça Sergio Moro

[Em reunião com ministros, Bolsonaro disse que troca na PF seria para proteger família]
Foto : Marcello Casal JrAgência Brasil

Por Kamille Martinho no dia 12 de Maio de 2020 ⋅ 15:56

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em vídeo da reunião do conselho de ministros exibido hoje (12), que trocas no comando da Polícia Federal do Rio de Janeiro (PF-RJ) seriam para evitar que familiares e amigos fossem "prejudicados" por investigações em curso. 

Segundo O Globo, fontes que tiveram acesso ao vídeo relatam que Bolsonaro disse querer substituir o superintendente da PF-RJ e que, para garantir o acesso às informações, demitiria até o então ministro da Justiça Sergio Moro. 

Na avaliação de investigadores, o presidente confirmou que trocaria postos-chave da Polícia Federal em troca de indicar uma pessoa de sua confiança que garantisse acesso às informações sobre investigações contra familiares e pessoas próximas.

Notícias relacionadas