Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Em reunião com ministros, Bolsonaro disse que troca na PF seria para proteger família

Segundo fontes que tiveram acesso ao vídeo, Bolsonaro disse que, para garantir o acesso às informações da PF-RJ, demitiria até o então ministro da Justiça Sergio Moro

[Em reunião com ministros, Bolsonaro disse que troca na PF seria para proteger família]
Foto : Marcello Casal JrAgência Brasil

Por Kamille Martinho no dia 12 de Maio de 2020 ⋅ 15:56

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em vídeo da reunião do conselho de ministros exibido hoje (12), que trocas no comando da Polícia Federal do Rio de Janeiro (PF-RJ) seriam para evitar que familiares e amigos fossem "prejudicados" por investigações em curso. 

Segundo O Globo, fontes que tiveram acesso ao vídeo relatam que Bolsonaro disse querer substituir o superintendente da PF-RJ e que, para garantir o acesso às informações, demitiria até o então ministro da Justiça Sergio Moro. 

Na avaliação de investigadores, o presidente confirmou que trocaria postos-chave da Polícia Federal em troca de indicar uma pessoa de sua confiança que garantisse acesso às informações sobre investigações contra familiares e pessoas próximas.

Notícias relacionadas