Política

‘Querem f* minha família’, afirma Bolsonaro em reunião sobre troca na PF

Bolsonaro disse, em meio a palavrões, que, se não fosse trocado o superintendente da Polícia Federal do Rio Janeiro, ele mudaria o comando da PF e até o ministro Sergio Moro

[‘Querem f* minha família’, afirma Bolsonaro em reunião sobre troca na PF]
Foto : Alan Santos/PR

Por Luciana Freire no dia 12 de Maio de 2020 ⋅ 17:59

“Querem f* com minha família”, afirmou Bolsonaro na reunião cuja gravação em vídeo foi exibida hoje (12) como evidência no inquérito que investiga a acusação do ex-ministro Sergio Moro de que o presidente tentava interferir politicamente na Polícia Federal.

Bolsonaro disse, em meio a palavrões, que, se não fosse trocado o superintendente da Polícia Federal do Rio Janeiro, ele mudaria o comando da PF e até mesmo o comando da Justiça, o então ministro Sergio Moro. A informação foi divulgada por fontes que assistiram o vídeo do encontro e publicada pela Veja.

Dois interlocutores envolvidos na exibição do vídeo hoje confirmaram ao Radar, coluna da Veja por Robson Bonin, que o presidente citou a família e amigos como motivo para as trocas na Polícia Federal. Bolsonaro justifica na gravação que precisava de informações de inteligência da PF para evitar que investigações em curso na PF prejudicassem “a minha família e meus amigos” e reclama da falta de informações.

Notícias relacionadas