Política

Maia diz que quem derruba a economia é o vírus: ‘Distanciamento temporário salva vidas’

Presidente da Câmara dos Deputados disse ainda que “o povo espera que cada um de nós, detentores de mandato, tenham a responsabilidade”

[Maia diz que quem derruba a economia é o vírus: ‘Distanciamento temporário salva vidas’]
Foto : Divulgação/ Câmara dos Deputados

Por João Brandão no dia 26 de Maio de 2020 ⋅ 15:41

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, discursou hoje (26) no plenário da Casa e disse que quem derruba a economia é o vírus.

“Com a pandemia vem o desemprego e as dificuldades para empresas. Mas quem derruba a economia não é o distanciamento. É o vírus. O distanciamento temporário salva vidas", disse.

Maia disse ainda que “o povo espera que cada um de nós, detentores de mandato, tenham a responsabilidade”. “Teremos o desafio de reconstruir a economia. Brasil espera maturidade para travar diálogo institucional. Brasil espera trabalho e resultados”, contou.

Maia contou que o esforço do presidente Jair Bolsonaro para construir uma base parlamentar deve ser visto como meritório.

“Vivemos momento muito grave da nossa história. Maior crise sanitária desde a 2ª Guerra Mundial, mais de 25 mil mortes no Brasil. A Câmara traz palavra de solidariedade a famílias que perderam entes queridos e nem puderam se despedir ou receber conforto”, completou.

Notícias relacionadas