Política

Bolsonaro minimiza críticas de Trump sobre Brasil na pandemia: 'É meu amigo e irmão'

Americano havia citado país como mau exemplo a ser seguido no combate ao coronavírus

[Bolsonaro minimiza críticas de Trump sobre Brasil na pandemia: 'É meu amigo e irmão']
Foto : Alan Santos/PR

Por Lara Curcino no dia 06 de Junho de 2020 ⋅ 12:00

O presidente Jair Bolsonaro minimizou as críticas feitas ontem (5) pelo mandatário dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a forma como o Brasil está lidando com a pandemia de coronavírus.

Trump havia citado o Brasil como um exemplo a não ser seguido, bem como a Suécia, que afrouxou logo cedo as medidas de isolamento.

Em resposta, na frente do Palácio da Alvorada, o chefe do Executivo preferiu não rebater o americano, de quem tenta se aproximar desde o início do governo, para estreitar laços políticos e, segundo ele, até pessoais.

"É meu amigo, meu irmão. Falei com ele essa semana. Tivemos uma conversa maravilhosa. Um abraço, Trump. O Brasil quer cada vez mais aprofundar o nosso relacionamento. Torço para que seja reeleito. Trump, aquele abraço", afirmou Bolsonaro.

Notícias relacionadas

[Luciano Huck vende sua participação no Madero, diz jornal]
Política

Luciano Huck vende sua participação no Madero, diz jornal

Por João Brandão no dia 05 de Julho de 2020 ⋅ 16:01 em Política

Sócio majoritário Junior Durski, que já se declarou “100% Bolsonaro”, provocou polêmica no começo da pandemia ao dizer que o Brasil não deveria parar por “cinco ou sete m...