Política

Moraes determina que redes sociais informem dados de monetização de páginas bolsonaristas

O ministro do STF determinou que as informações sobre a monetização das páginas sejam fornecidas pelas redes sociais Facebook, Youtube e Instagram

[Moraes determina que redes sociais informem dados de monetização de páginas bolsonaristas]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 16 de Junho de 2020 ⋅ 19:45

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou em mais uma diligência do inquérito sobre atos antidemocráticos, que redes sociais forneçam relatórios sobre pagamentos a páginas bolsonaristas que fazem apologia a atos antidemocráticos. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

A medida é relevante para saber se os blogueiros e militantes bolsonaristas estão sendo remunerados por meio de publicações contrárias às instituições democráticas, o que pode tornar o crime mais grave. 

Moraes determinou que as informações sobre a monetização das páginas sejam fornecidas pelas redes sociais Facebook, Youtube e Instagram. 

Parte dos autores dessas páginas alvo da investigação financeira também foram alvos de busca e apreensão realizada pela PF hoje (16).

 

Leia mais:

Alexandre de Moraes determina quebra sigilos de Bia Kicis, Zambelli, Junio Amaral e Otoni de Paula

PF cumpre mandados contra blogueiro e deputado bolsonaristas

Notícias relacionadas