Política

Senado aprova MP que permite corte de salários e redução de jornada

Medida está em vigor desde o início de abril; redução e a suspensão previstas na MP não se aplicam aos órgãos públicos, empresas públicas e às sociedades de economia mista

[Senado aprova MP que permite corte de salários e redução de jornada ]
Foto : Waldemir Barreto/Agência Senado

Por Luciana Freire no dia 16 de Junho de 2020 ⋅ 20:15

O Senado aprovou hoje (16) por unanimidade a medida provisória (MP) 936 que permitiu às empresas reduzirem a jornada de trabalho com a diminuição proporcional de salários. O texto também autoriza a suspensão temporária de contratos de trabalho. O projeto segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

O objetivo da MP, que está em vigência desde o início de abril, é preservar empregos e renda e, também, ajudar empresas a enfrentarem a crise econômica provocada pela pandemia da Covid-19. A informação foi divulgada pelo portal G1.

A redução e a suspensão previstas na MP não se aplicam aos órgãos públicos, empresas públicas e às sociedades de economia mista.

 

Leia mais: 

MP que permite corte de salários e redução de jornada entra em vigor

Notícias relacionadas