Política

‘Esperamos que seja por escrito’, diz Mendonça sobre depoimento de Bolsonaro à PF

Código de Processo Penal prevê que, como testemunhas, algumas autoridades possam prestar depoimento por escrito; não há legislação específica sobre autoridades investigadas

[‘Esperamos que seja por escrito’, diz Mendonça sobre depoimento de Bolsonaro à PF]
Foto : Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 25 de Junho de 2020 ⋅ 16:00

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro ainda não sabe se terá que prestar depoimento no inquérito que apura suposta interferência na Polícia Federal (PF) por escrito ou presencialmente. Caberá ao ministro Celso de Mello decidir a forma do depoimento.A informação foi divulgada pelo portal Uol.

André Mendonça afirmou ainda que a expectativa é que Bolsonaro não precise se deslocar para falar com as autoridades. "Esperamos que seja por escrito, conforme precedentes do STF quanto a Presidentes da República", afirmou Mendonça ao Uol.

O Código de Processo Penal prevê que, como testemunhas, algumas autoridades possam prestar depoimento por escrito. Porém, não há uma legislação específica sobre o depoimento de autoridades investigadas.

Notícias relacionadas