Política

TRE forma maioria para tornar Crivella inelegível, mas julgamento é adiado

O julgamento foi interrompido no último voto — seis dos sete integrantes da Corte já votaram pela condenação do prefeito do Rio de Janeiro

[TRE forma maioria para tornar Crivella inelegível, mas julgamento é adiado]
Foto : Divulgação / Prefeitura do Rio

Por João Brandão no dia 21 de Setembro de 2020 ⋅ 20:28

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) formou maioria para condenar o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) por abuso de poder político e conduta vedada, deixando-o inelegível por oito anos. 

O julgamento foi interrompido no último voto — seis dos sete integrantes da Corte já votaram pela condenação do prefeito do Rio de Janeiro, que é pré-candidato à reeleição. O processo deve voltar a ser discutido no TRE-RJ nesta quinta-feira (24). 

Crivella é acusado de usar veículos e funcionários da Comlurb, companhia de coleta de lixo do Rio, para promover um evento de campanha de seu filho Marcelo Hodge Crivella, que tentava se eleger deputado federal, e Alessandro Costa, que concorreu a deputado estadual.

Notícias relacionadas