METROPOLE

Terça-feira, 18 de maio de 2021

Saúde

Equipe da OMS inicia investigação sobre origem do novo coronavírus

Trabalho tem sofrido atrasos pelas preocupações com o acesso às autoridades chinesas e as disputas entre a China e os Estados Unidos, que acusaram Pequim de esconder a extensão do surto inicial

Equipe da OMS inicia investigação sobre origem do novo coronavírus

Foto: Mariana Ramos

Por: Kamille Martinho no dia 28 de janeiro de 2021 às 11:40

A equipe de 13 especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) que vai investigar a origem da pandemia de covid-19 na cidade chinesa de Wuhan terminou hoje (28) o período de quarentena. Duas semanas depois de terem chegado ao país, em 14 de janeiro, os pesquisadores podem iniciar a investigação.

O trabalho tem sofrido alguns atrasos pelas preocupações com o acesso às autoridades chinesas e as disputas entre a China e os Estados Unidos, que acusaram Pequim de esconder a extensão do surto inicial e criticaram a organização da investigação. 

A equipe ficou em quarentena num hotel, durante duas semanas, e hoje pôde sair do isolamento e começar a analisar a origem dos primeiros surtos do Sars-Cov-2 naquela cidade, no fim de 2019.

Mesmo em quarentena, os especialistas foram adiantando o trabalho, reunindo-se com cientistas chineses por videoconferência.

A saída do grupo do hotel foi acompanhada pela imprensa e transmitida ao vivo pelas televisões locais. O grupo é liderado por Peter Ben Embarek, o maior especialista da OMS em doenças com origem animal que afetam outras espécies, e deve permanecer na China pelo menos mais duas semanas. 

A investigação no local, que a China levou mais de um ano para autorizar, é extremamente sensível ao regime comunista, cujos órgãos oficiais têm realizado estudos que indicam a origem do vírus em outros países.

TV METRO

Entrevistas

Zé Cocá

Em 18 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Equipe da OMS inicia investigação sobre origem do novo coronavírus - Metro 1