Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Saúde

Mortes por AVC e infarto se mantêm estáveis em 2021, sem impacto após vacinação

Uma das fake news mais compartilhadas por grupos antivacina é de que a vacina contra Covid-19 causaria infarto ou AVC

Mortes por AVC e infarto se mantêm estáveis em 2021, sem impacto após vacinação

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 19 de janeiro de 2022 às 10:25

Um levantamento feito pelo portal UOL, através do portal da transparência da Associação de Registradores de Pessoas Naturais (Arpen) Brasil, mostrou que não há relação entre a vacina contra a Covid-19 e casos de AVC ou infarto. Os números de morte por essas causas se mantiveram estáveis durante o ano de 2021, em comparação com os dois anos anteriores. 

Em 2019 morreram 100.237 pessoas por infarto; em 2020, esse número caiu para 95.837, voltando a casa dos cem mil em 2021, com 101.207 mortes. 

Por AVC, em 2019, morreram 102.233 pessoas; em 2020 foram 103.073; e em 2021, 105.755. 

Segundo especialista ouvido pelo UOL, a variação entre os anos não representa uma mudança estatística significativa. Os números flutuam para mais ou para menos.

Em novembro do ano passado, com o avanço da vacinação, AVC e infarto voltaram ao topo de causa morte no Brasil. Porém, esse retorno não se deve a uma reação à vacina, mas à diminuição de mortes em decorrência da Covid-19. Antes da pandemia, as doenças cardiovasculares já ocupavam o topo da lista. 

Mortes por AVC e infarto se mantêm estáveis em 2021, sem impacto após vacinação - Metro 1