Saúde

Casos de intoxicação alcoólica lideram atendimentos no São João do Pelourinho

Uma estrutura especial semelhante aos módulos do Carnaval foi instalada no Centro Histórico

[Casos de intoxicação alcoólica lideram atendimentos no São João do Pelourinho]
Foto : Tácio Moreira

Por Adelia Felix e Aline Reis no dia 22 de Junho de 2019 ⋅ 21:55

Casos de intoxicação alcoólica lideraram os atendimentos em um módulo de saúde montado na Praça da Sé, em Salvador, no terceiro dia oficial do São João da Bahia, neste sábado (22), de acordo com o médico plantonista João Paulo Almeida. A estrutura é semelhante aos módulos instalados no Carnaval. 

“Está relativamente tranquilo. O número maior de ocorrência é por causa do excesso de ingestão de bebida alcoólica. A maioria é jovem”, disse à Rádio Metrópole. Ainda em entrevista, o médico aconselha: “Se vai optar por beber é melhor evitar comida pesada. Milho e amendoim estão de bom tamanho”.

O Corpo de Bombeiros também atua na festa. Segundo o comandante do 1º Grupamento de Bombeiros Militar, Roberto Lima, o público deste ano é maior do que na festa do ano passado. “Apesar de um maior quantitativo, o número de ocorrências está semelhante ao do ano passado”, ressaltou.

Serviço - No Pelourinho, o módulo montado na Praça da Sé (próximo à Coelba) funciona das 17h às 5h da manhã, até o dia 24 de junho. Já em Paripe, a estrutura ficará instalada na Praça João Martins, em 23 e 24 de junho, também das 17h às 5h da manhã.

Cada módulo contará com uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de prontidão para a possível remoção imediata de ocorrências com maior gravidade. As unidades contam com equipes compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e socorristas. 
 

Notícias relacionadas