Vida Alheia

Denunciada por práticas ilegais, Gabriela Pugliesi se diz "injustiçada"

Em novembro de 2015, a musa já havia entrado na mira de outra entidade de classe, o Conselho Regional de Nutricionistas 2ª Região. Após oferecer uma dica inusitada para quem quisesse perder peso (enviar nudes para a melhor amiga e autorizar a postagem da foto caso saia da dieta), o órgão emitiu uma nota, na qual repudiava os conselhos fornecidos por leigos. [Leia mais...]

[Denunciada por práticas ilegais, Gabriela Pugliesi se diz
Foto : Reprodução

Por Lorena Dias no dia 21 de Fevereiro de 2017 ⋅ 13:01

A musa fitness Gabriela Pugliesi, 30, foi mais uma vez denunciada por exercício ilegal de profissão. Na ultima segunda-feira (20), o Conselho Regional de Educação Física do Rio de Janeiro e do Espírito Santo (Cref1) encaminhou queixa-crime contra a blogueira ao Ministério Público do Rio de Janeiro, por ter ministrado uma aula de ginástica durante um evento sem ser habilitada como educadora física.

Um dia depois da denúncia, a blogueira fitness publicou um post no Instagram Stories desabafando sobre o caso. "Nada melhor na vida do que consciência tranquila e paz no coração. Com isso, tudo fica pequeno e qualquer coisa é resolvida. Mídia sensacionalista é fantasia, mas infelizmente é o que alimenta a maioria. Deus é mais", disse. Em outra postagem, Pugliesi escreveu sobre como reagir a adversidades. "Você pode escolher ver um problema ou uma injustiça, como algo ruim, ou como aprendizado", afirmou na postagem.

Em novembro de 2015, a musa já havia entrado na mira de outra entidade de classe, o Conselho Regional de Nutricionistas 2ª Região. Após oferecer uma dica inusitada para quem quisesse perder peso (enviar nudes para a melhor amiga e autorizar a postagem da foto caso saia da dieta), o órgão emitiu uma nota, na qual repudiava os conselhos fornecidos por leigos para perda de peso e qualificava a orientação como irresponsável.

 

Notícias relacionadas