Bahia

Acidentes de trânsito são causa de 52% das internações na Bahia

Do total de pacientes internados, 68% são motociclistas, segundo a Abramet

[Acidentes de trânsito são causa de 52% das internações na Bahia]
Foto : Tiago Barros/PMS

Por Juliana Rodrigues no dia 09 de Maio de 2019 ⋅ 11:00

Mais da metade (52%) dos pacientes internados nos hospitais baianos foram vítimas de acidentes de trânsito, segundo estudos da Associação Brasileira de Medicina de  Tráfego na Bahia (Abramet). Desse porcentual, 68% são motociclistas.

Os dados da Abramet coincidem com os números registrados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Em 2018, a pasta anotou 9,2 mil internações por acidente de trânsito, sendo cerca de 6,3 mil de motociclistas. Em segundo lugar, estão os pedestres, com quase 1,2 mil casos. Os números preliminares deste ano seguem a mesma tendência: das 950 internações entre janeiro e fevereiro, 620 foram de motociclistas, o equivalente a 65% do total.

Os condutores de motos também estão em maior número entre os que receberam indenizações do seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) em Salvador e na Bahia: das 1,8 mil indenizações pagas em 2018, cerca de 1,2 mil, ou 69% do total, foram para motociclistas. Na Bahia, a proporção chega a 74%: de 15,9 mil benefícios, 11,9 foram para condutores de motocicletas.

Notícias relacionadas