Brasil

Cliente não consegue cancelar plano e quebra loja de telefonia com marreta

Um cliente da empresa de telefonia Nextel não estava conseguindo cancelar o plano e utilizou uma marreta para quebrar uma das lojas da empresa nesta segunda-feira (27). De acordo com testemunhas, o homem, que não teve sua identidade revelada, saiu da loja depois de muita irritação e voltou com uma marreta para destruir a loja na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/G1

Por Matheus Simoni no dia 27 de Julho de 2015 ⋅ 19:04

Um cliente da empresa de telefonia Nextel não estava conseguindo cancelar o plano e utilizou uma marreta para quebrar uma das lojas da empresa nesta segunda-feira (27). De acordo com testemunhas, o homem, que não teve sua identidade revelada, saiu da loja depois de muita irritação e voltou com uma marreta para destruir a loja na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Pelo menos duas vidraças da loja foram destruídas. Quando a polícia chegou ao local, o cliente revoltado já tinha ido embora. O gerente da loja não quis acompanhar os policiais até a delegacia. Por meio de nota, a Nextel lamentou o ocorrido e afirmou que ninguém se feriu no incidente. A empresa telefônica disse ainda que está realizando um levantamento dos prejuízos financeiros e vai avaliar eventuais medidas a serem tomadas.

Notícias relacionadas

[Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões]
Brasil

Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões

Por Juliana Almirante no dia 16 de Junho de 2019 ⋅ 07:00 em Brasil

Por se tratar de uma edição especial, o prêmio não acumula e, se ninguém acertar a quina, será dividido entre os ganhadores da quadra