Brasil

Jerry Adriani morre aos 70 anos no Rio de Janeiro

Um dos ídolos da Jovem Guarda, o cantor Jerry Adriani morreu na tarde deste domingo (23) no Rio de Janeiro, vítima de um câncer. Ele foi internado nas vésperas de um show que faria em Salvador, no Café Teatro Rubi, quando foi substituído por Wanderley Cardoso. [Leia mais...]

[Jerry Adriani morre aos 70 anos no Rio de Janeiro]
Foto : Divulgação

Por Laura Lorenzo no dia 23 de Abril de 2017 ⋅ 16:21

Um dos ídolos da Jovem Guarda, o cantor Jerry Adriani morreu na tarde deste domingo (23) no Rio de Janeiro, vítima de um câncer. Ele foi internado nas vésperas de um show que faria em Salvador, no Café Teatro Rubi, quando foi substituído por Wanderley Cardoso.

Recentemente, o cantor sofreu também uma trombose em uma das pernas. Ele faleceu às 15h30. A família confirmou a morte do artista ao portal G1, mas ainda há informações sobre horário e local do enterro.

Jair Alves de Souza nasceu em 29 do janeiro de 1947, no bairro do Brás, em São Paulo, e marcou a época da Jovem Guarda. Ele adotou o nome artístico de Jerry Adriani quando começou sua carreira como cantor, em 1964. Seu primeiro disco foi 'Italianíssimo', quando cantava músicas em italiano, uma das características que carregou por toda sua carreira. Em 1965, o cantor passou a gravar em português, com músicas reunidas no disco 'Um grande amor'.

Além de cantor, Jerry foi também apresentador do programa “Excelsior a Go Go”, da TV Excelsior e 'Grande Parada', da TV Tupi. Ele também participou do cinema brasileiro, cantando e atuando em “Essa Gatinha a Minha”; “Jerry, A Grande Parada”; e “Jerry em busca do tesouro”.

Notícias relacionadas