Brasil

Caetano Veloso é chamado de 'canalha' em queixa-crime de Olavo de Carvalho

Petição vem após artigo assinado pelo músico na Folha, publicado em outubro do ano passado

[Caetano Veloso é chamado de 'canalha' em queixa-crime de Olavo de Carvalho]
Foto : Lia de Paula/MinC

Por Juliana Rodrigues no dia 16 de Maio de 2019 ⋅ 13:20

O escritor Olavo de Carvalho, "guru" de Jair Bolsonaro, registrou uma queixa-crime contra Caetano Veloso, na qual pede que o artista responda pelos crimes de calúnia, difamação e injúria.

A petição, assinada pelo advogado Francisco Carlos Cabrera, vem após um artigo publicado por Caetano na Folha, em outubro do ano passado. No texto, o músico afirma que Olavo faz incitação à violência.

Cabrera refere-se ao artista como “canalha”, “delinquente travestido de colunista”, e diz que Caetano alega ter sido exilado (durante a ditadura), “mas nunca mostrou um documento”. Olavo considera que o músico teria ofendido sua honra ao publicar o artigo.

A ação foi recebida pelo Foro Central Criminal da Barra Funda, em São Paulo, há cerca de um mês. Caso seja condenado pelos três crimes, Caetano pode pegar até três anos e seis meses de prisão e ter que pagar uma multa. 

Notícias relacionadas