Brasil

Moro quer usar bens confiscados de criminosos para reformar e construir presídios

O objetivo da medida é reduzir o deficit de vagas e contratar mais engenheiros civis para atuarem na construção e reforma de presídios

[Moro quer usar bens confiscados de criminosos para reformar e construir presídios ]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Kamille Martinho no dia 17 de Maio de 2019 ⋅ 21:00

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, deve enviar à Casa Civil o texto de uma medida provisória que pretende facilitar a venda de bens confiscados de criminosos e utilizar os recursos para construir novos presídios. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

O ex-juiz da Lava Jato alega que o objetivo da medida é reduzir o deficit de vagas no sistema prisional brasileiro e, com o dinheiro arrecadado, contratar mais engenheiros civis para atuarem na construção e reforma de presídios.  

Além de resolver o problema em relação às vagas nos presídios, a MP também pretende desburocratizar o processo para a realização de leilões de bens confiscados do tráfico de drogas e de empresas flagradas com trabalhadores em condições análogas à de escravos.

Notícias relacionadas