Brasil

Número de assassinatos cai 10% em 2018, e polícias matam mais

Dados são do 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado hoje (10)

[Número de assassinatos cai 10% em 2018, e polícias matam mais]
Foto : Fernando Frazão/ Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 10 de Setembro de 2019 ⋅ 11:20

O número de assassinatos caiu pela primeira vez em três anos no Brasil, no ano passado. Foram 57.341 mortes violentas em 2018, menor do que o registrado em 2014.  Os dados são do 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado hoje (10), pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, de acordo com a Folha.

No entanto, por outro lado, o número de pessoas mortas pela polícia no país bateu recorde no ano passado e o número alcançou 6.220 casos. Com isso, uma em cada dez mortes violentas foi causada por um policial.

O fórum reúne informações das secretarias de segurança estaduais acerca de homicídios, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e mortes em decorrência de intervenções policiais. 

As mortes por policiais mantêm a tendência de alta ao menos desde o ano de 2016. Houve alta de 20% em 2018 sobre 2017 e de 47% em relação a 2016. Análise do perfil dos mortos pela polícia no país aponta que que a maioria é negra (75,4%), estudou apenas até o ensino fundamental (81,5%) e tem idade entre 18 e 29 anos (68,2%).

Em outra ponta, o país conseguiu diminuir o número de policiais mortos, de 373 em 2017, para 343 no ano seguinte. Três quartos das mortes são de policiais que estavam fora de serviço quando foram assassinados.

Notícias relacionadas