Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Economia

Petrobras vende refinaria Refinaria Landulpho Alves por US$ 1,65 bilhão

O Fundo Mubadala, de Abu Dhabi, venceu a disputa pela refinaria, que está entre as oito que a Petrobras pretende privatizar até o final de 2021

[Petrobras vende refinaria Refinaria Landulpho Alves por US$ 1,65 bilhão]
Foto : Agência Brasil

Por Stephanie Suerdieck no dia 08 de Fevereiro de 2021 ⋅ 17:32

O processo de venda da Refinaria Landulpho Alves (Rlam), em São Francisco do Conde, na Bahia, foi concluído hoje (8). Segundo a Petrobras, a melhor oferta recebida foi a do grupo Mubadala Capital, de Abu Dhabi, no valor de US$ 1,65 bilhão (o equivalente a R$ 8,87 bilhões). A estatal informou em nota que “a assinatura do contrato de compra e venda ainda está sujeita à aprovação dos órgãos competentes".

Entre as 8 refinarias que a Petrobras pretende privatizar até o final deste ano, a Rlam era a que tinha o processo mais adiantado e chegou nesta segunda à rodada final. As privatizações de todas as refinarias juntas somam cerca de metade da capacidade de produção de combustíveis do Brasil.

A Landulpho Alves tem capacidade de processamento de 333 mil barris/dia, o que corresponde a 14% da capacidade total de refino de petróleo do Brasil. Os ativos da Rlam incluem quatro terminais de armazenamento e um conjunto de oleodutos totalizando 669 km.

Notícias relacionadas