Sábado, 04 de dezembro de 2021

Economia

Após rumores de desabastecimento, Petrobras confirma que não atenderá demanda em novembro

Confirmação vem após a Associação das Distribuidoras afirmar que a petroleira teria avisado diversas associadas sobre "uma série de cortes unilaterais nos pedidos feitos de gasolina e óleo diesel"

Após rumores de desabastecimento, Petrobras confirma que não atenderá demanda em novembro

Foto: Divulgação/Petrobras

Por: Luciana Freire no dia 19 de outubro de 2021 às 16:46

A Petrobras afirmou em comunicado que não poderá atender todos os pedidos de fornecimento de combustíveis para novembro, que teriam vindo acima de sua capacidade de produção, uma  "demanda atípica", acendendo um alerta para distribuidoras, que apontaram para risco de desabastecimento no país.

A confirmação vem após a Associação das Distribuidoras de Combustíveis Brasilcom – que representa mais de 40 distribuidoras regionais de combustíveis – ter afirmado na semana passada que a petroleira teria avisado diversas associadas sobre "uma série de cortes unilaterais nos pedidos feitos para fornecimento de gasolina e óleo diesel" para novembro.

Segundo a associação, "as reduções promovidas pela Petrobras, em alguns casos chegando a mais de 50% do volume solicitado para compra, colocam o país em situação de potencial desabastecimento". E continua: isso porque as empresas não estão conseguindo comprar combustíveis no mercado externo, pois os preços do mercado internacional "estão em patamares bem superiores aos praticados no Brasil".

Após rumores de desabastecimento, Petrobras confirma que não atenderá demanda em novembro - Metro 1