Economia

Inflação no país tem menor taxa acumulada de janeiro a outubro em quase 20 anos

A inflação acumulada em 2017, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 2,21%, é a mais baixa para o período de janeiro a outubro desde 1998, quando ficou em 1,44%. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). [Leia mais...]

[Inflação no país tem menor taxa acumulada de janeiro a outubro em quase 20 anos]
Foto : USP Imagens

Por Laura Lorenzo no dia 10 de Novembro de 2017 ⋅ 14:37

A inflação acumulada em 2017, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 2,21%, é a mais baixa para o período de janeiro a outubro desde 1998, quando ficou em 1,44%. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice fechou outubro com alta de 0,42% ante um avanço de 0,16% em setembro. Em outubro de 2016 o IPCA tinha ficado em 0,26%.

O resultado de outubro fez a taxa acumulada em 12 meses subir de 2,54% em setembro para 2,70%. Pelo sexto mês consecutivo, o grupo dos alimentos apresentou queda (-0,05%), porém bem menos intensa do que a registrada em setembro (-0,41%).

Notícias relacionadas

[Bahia fecha 2,2 mil postos de trabalho em julho]
Economia

Bahia fecha 2,2 mil postos de trabalho em julho

Por Juliana Rodrigues no dia 23 de Agosto de 2019 ⋅ 14:00 em Economia

Setor agropecuário foi o principal responsável pelo resultado negativo, segundo dados divulgados pelo Ministério da Economia

[Brasil cria 43,8 mil vagas de emprego formal em julho]
Economia

Brasil cria 43,8 mil vagas de emprego formal em julho

Por Juliana Rodrigues no dia 23 de Agosto de 2019 ⋅ 13:40 em Economia

Dados divulgados hoje pelo Ministério da Economia mostram que o maior contingente de vagas foi gerado pelo setor de Construção Civil, que abriu 18.721 postos formais

[Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep]
Economia

Caixa e BB iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep

Por Metro1 no dia 19 de Agosto de 2019 ⋅ 17:20 em Economia

Mais de 11 milhões de beneficiários terão acesso ao benefício, pago a quem trabalhou com carteira assinada entre 1971 e 4 de outubro de 1988