Economia

Bahia é o estado que mais reduziu despesas, aponta Tesouro Nacional

Gestão dedicou 4% do orçamento para obras e ações diretamente voltadas para a população em todo o território baiano

[Bahia é o estado que mais reduziu despesas, aponta Tesouro Nacional]
Foto : Mateus Pereira/GOVBA

Por Juliana Almirante no dia 23 de Abril de 2019 ⋅ 14:00

Um relatório divulgado pelo Tesouro Nacional ontem (22) apresenta a Bahia como o Estado que mais realizou investimentos, além de ser o que mais reduziu despesas, nos primeiros dois meses deste ano.

De acordo com o governo estadual, a gestão dedicou 4% do orçamento para obras e ações diretamente voltadas para a população em todo o território baiano. 

Ainda segundo o governo, a manutenção da capacidade de investimento é resultado do equilíbrio fiscal, que é assegurado por dois fatores principais: a melhoria contínua da arrecadação de impostos estaduais e o controle dos gastos públicos.

A gestão estadual ainda afirma que, mesmo em períodos de crise, as contas são mantidas em dia. A situação é diferente de outras administrações estaduais, que passaram a atrasar ou parcelar o pagamento dos salários dos servidores e ter dificuldades para saldar compromissos.

O governo baiano também ampliou, nos últimos anos, a proporção entre o orçamento público e o PIB estadual. A arelação chegou a 18%, percentual que é o dobro do registrado em São Paulo, por exemplo.

A Bahia ainda foi o estado que mais reduziu despesas, com queda de 39%. As informações constam o Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO) do Tesouro Nacional.

Notícias relacionadas

[Governo bloqueará R$ 3 bilhões do orçamento]
Economia

Governo bloqueará R$ 3 bilhões do orçamento

Por Kamille Martinho no dia 21 de Maio de 2019 ⋅ 19:30 em Economia

Técnicos da equipe econômica estimavam que seria necessário segurar de R$ 5 bilhões a R$ 10 bilhões dos gastos previstos para o ano

[Rival da Uber é processada por investidores]
Economia

Rival da Uber é processada por investidores

Por Leo Sousa no dia 18 de Maio de 2019 ⋅ 18:45 em Economia

Lyft teve desvalorização brusca das ações; acionistas acusam a empresa de fornecer informações enganosas