Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Editorial

MK critica falta de transparência em obras de Salvador e ausência de participação popular nas discussões

Apesar de decisões equivocadas, Mário Kertész avaliou que dificilmente Bruno Reis não será reeleito no próximo ano

MK critica falta de transparência em obras de Salvador e ausência de participação popular nas discussões

Foto: Reprodução/Radio Metropole

Por: Metro1 no dia 13 de dezembro de 2023 às 14:16

Ao comentar a decisão da prefeitura de Salvador de iniciar obras de revitalização do Elevador Lacerda e da orla durante o verão, Mário Kertész disse que a escolha desse período está relacionada às eleições municipais de 2024. Ele ainda criticou a falta de transparência e a ausência de participação popular nas discussões sobre as obras. 

“Tem eleição no próximo ano e Bruno Reis [União] quer deixar o ano eleitoral cheio de entregas à cidade mais bonita, e isso é uma opção dele. A obra da orla é a mesma coisa. É uma decisão do prefeito. Ele foi eleito e tem o direito de decidir, levando os bônus e também os ônus”, apontou MK.

Para Mário Kertész, falta transparência aos projetos de revitalização e obras da cidade. “Você vê esse projeto da orla, qual a empresa que está fazendo? Qual a concorrência? Qual o valor? Eu não sei. O Mercado Modelo é a mesma coisa. Qual é o projeto? Ele será o que sempre foi, um marco dessa cidade? Aquela bagunça organizada que é a cara da Bahia?”, questionou.

MK voltou a criticar as ações da Fundação Mário Leal Ferreira. “Vemos lá um urbanismo abaixo de zero. A Fundação Mário Leal Ferreira faz péssimas intervenções”, apontou. 

Apesar de decisões equivocadas, Mário Kertész avaliou que dificilmente Bruno Reis (União) não será reeleito no próximo ano. “É quase impossível Bruno Reis perder essas eleições. Ele tem todas as condições, e tudo indica que ele será reeleito. A lei permite. Reconheço que ele é um excelente articulador”, afirmou.

Confira o editorial: