Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sábado, 20 de abril de 2024

Home

/

Notícias

/

Editorial

/

MK condena fala de Lula sobre Holocausto e diz que Netanyahu transformou declaração em "grande espetáculo"

Editorial

MK condena fala de Lula sobre Holocausto e diz que Netanyahu transformou declaração em "grande espetáculo"

O comentário foi feito pelo radialista no Jornal da Bahia no Ar desta terça-feira (20), na Rádio Metropole

MK condena fala de Lula sobre Holocausto e diz que Netanyahu transformou declaração em "grande espetáculo"

Foto: Metro1/YouTube/Reprodução

Por: Metro1 no dia 20 de fevereiro de 2024 às 10:23

Atualizado: no dia 20 de fevereiro de 2024 às 10:48

Após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comparar o conflito israelense-palestino com o Holocausto, uma crise entre os governos do Brasil e de Israel foi instalada. No Jornal da Bahia no Ar desta terça-feira (20), Mário Kertész analisou a declaração feita pelo mandatário e a reação internacional resultada pela fala. 

"Primeiro, eu acho que o presidente Lula cometeu um erro sério. Comparar Hitler, Holocausto, Hamas e Israel é completamente errado. Não tem nada a ver, é condenável. Foi errado, ponto. Agora, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, de extrema-direita, que estava sendo combatido dentro do país dele por multidões, aproveitou isso para se transformar em um grande espetáculo e com isso se fortalecer”, iniciou Mário Kertész.

O objetivo de Israel em dar continuidade aos ataques contra a Faixa de Gaza, que já resultaram em mais de 28 mil mortes, também foram questionados por MK. “O que o governo de Israel faz agora é abominável. Qual é o objetivo do Estado de Israel? É defesa ainda? Foi atacado por um grupo de terroristas, terroristas sanguinários que cometeram crimes terríveis sim. Israel vai lá e se defende. E agora, está fazendo o que? Qual é o objetivo, acabar com o povo palestino?”

Além de criticar o governo de Netanyahu, o radialista concluiu o comentário condenando mais uma vez a fala do presidente Lula e pedindo respeito à memória do Holocausto, maior genocídio do século XX.

Confira o comentário na íntegra: