Editorial

MK celebra repercussão nacional de entrevista com Maia: 'É bom para a Bahia'

Mário Kertész também comentou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que concedeu prisão domiciliar ao ex-ministro Geddel Vieira Lima

[MK celebra repercussão nacional de entrevista com Maia: 'É bom para a Bahia']
Foto : Matheus Simoni / Metropress

Por Metro1 no dia 15 de Julho de 2020 ⋅ 08:14

Em comentário na Rádio Metrópole, na manhã de hoje (15), Mário Kertész falou sobre a repercussão nacional da entrevista com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), realizada ontem (14) durante o Jornal da Bahia no Ar.

"Acho que é bom para a Bahia, é bom para a rádio. Antigamente você só ouvia repercussão de rádios que estavam no eixo Rio-São Paulo. Nem Brasília. Tinha a rádio Guaíba, em Porto Alegre, que é famosa, sempre tinha repercussão. Agora temos na Bahia, felizmente, a Rádio Metrópole, que consegue fazer entrevistas com repercussão nacional. Tanto a de Rodrigo Maia quanto a do ex-ministro Sergio Moro deram repercussão", afirmou.

MK também comentou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que concedeu prisão domiciliar ao ex-ministro Geddel Vieira Lima.

"É claro que muita gente que não gosta dele, que acha isso e aquilo, que acha que ele deveria morrer na masmorra, não está satisfeita. Agora, uma perguntinha: a foragida esposa de [Fabrício] Queiroz, [ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro], que teve prisão domiciliar antes de se entregar... Era foragida! Teve a prisão concedida pelo presidente do STJ. Eu não entendo de Justiça, nem vou julgar se é justo ou não. Acho que deve ser alguma coisa de cunho humanitário", ironizou.

Ouça o comentário completo:

Notícias relacionadas