Editorial

MK reforça importância do horário eleitoral e avalia possível cassação de deputados baianos

MK também falou sobre o cenário do pleito presidencial dos EUA: "Com essa disputa acirrada que existe entre Trump e Biden, visões completamente diferentes, as pessoas estão motivadas a votar"

[MK reforça importância do horário eleitoral e avalia possível cassação de deputados baianos]
Foto : Matheus Simoni / Metropress

Por Metro1 no dia 09 de Outubro de 2020 ⋅ 09:01

Em comentário na Rádio Metrópole, na manhã de hoje (9), Mário Kertész falou sobre o início do horário eleitoral no Brasil e ressaltou a importância de acompanhar os programas de TV e rádio dos candidatos à prefeitura para conhecer as propostas.

"É interessante, muita gente diz 'detesto isso, não quero ver', não veja. Não quer ver, não veja. Mas é importante ver, vou dizer porque. Tem muita besteira, um bocado de coisa que não vale nada, um bocado de mentira, mas a gente tem que conhecer minimamente os astros que estão nesse palco eleitoral. O importante é votar", disse.

Outro assunto do comentário foi o pleito presidencial nos Estados Unidos e a grande quantidade de votos pelo correio, nunca vista em outras eleições. MK pontuou que o atual presidente e candidato à reeleição, Donald Trump, parece disposto a questionar o resultado eleitoral caso sofra uma derrota. "Nos EUA é possível votar antes do dia da eleição, pelo correio. Pela primeira vez, já tem 6,6 milhões de votos enviados, porque com essa disputa acirrada que existe entre Trump e [o candidato democrata Joe] Biden, visões completamente diferentes, as pessoas estão motivadas a votar, porque lá, ao contrário daqui, o voto não é obrigatório. (...) Aí Trump já está dizendo que vai ter roubo, picaretagem, que não sabe se aceita. Como é que não aceita se for derrotado? Se ganhar, não vai dizer nada, como foi aqui. Mas se perder, vai dizer que não aceita, vai querer levar pra Justiça. Muita gente teme que inclusive ele possa tentar continuar no governo na marra. É difícil, mas dele a gente espera tudo", analisou.

MK também falou sobre a cassação do deputado estadual Targino Machado (DEM) e o risco de que o parlamentar Marcell Moraes (PSDB) sofra o mesmo processo. "Aqui na Bahia está uma leva de deputados cassados. O último foi o Targino. Falou, falou, falou demais, dançou. Quem está na linha agora, parece que inevitavelmente perdido, a Justiça Eleitoral vai decidir, é o deputado Marcell Moraes. Tem tudo pra ser cassado. Da última vez ele foi salvo pelo gongo, mas parece que o gongo, dessa vez, não vai mais interferir e parece que ele vai ser cassado", afirmou.

Ouça o comentário completo:

Notícias relacionadas