Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Justiça

Operação Faroeste: Borracheiro latifundiário que estava foragido se entrega à PF

José Valter Dias teve a prisão temporária decretada na última sexta-feira (22) pelo ministro do STJ, Og Fernandes

[Operação Faroeste: Borracheiro latifundiário que estava foragido se entrega à PF]
Foto : Reprodução / TJ/Bahia

Por Kamille Martinho no dia 27 de Novembro de 2019 ⋅ 20:00

José Valter Dias, um dos maiores latifundiários do oeste da Bahia, se entregou à Polícia Federal (PF) ontem à noite (26). Na última sexta-feira, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Og Fernandes, relator do caso, decretou a prisão temporária de José Valter Dias, suspeito de grilagem de terras, e até então ele estava foragido e "desaparecido".

De acordo com O Globo, José Valter Dias, prestou depoimento e depois foi solto por determinação do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), que descartou a necessidade da prisão após sua apresentação.

José Valter Dias, conhecido como "borracheiro", foi um dos alvos da Operação Faroeste que teve como objetivo desarticular um possível esquema criminoso relacionado à venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA). 

Notícias relacionadas