Justiça

Barroso suspende decisão em que mandou afastar senador com dinheiro na cueca

Decisão foi tomada após o parlamentar, Chico Rodrigues (DEM-RR), pedir licença de 121 dias do mandato

[Barroso suspende decisão em que mandou afastar senador com dinheiro na cueca]
Foto : Jefferson Rudy/Agência Senado

Por Luciana Freire no dia 20 de Outubro de 2020 ⋅ 18:30

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, suspendeu a decisão em que havia mandado afastar o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado pela Polícia Federal (PF) com dinheiro na cueca, do cargo por 90 dias.

A decisão foi tomada após o próprio parlamentar pedir licença de 121 dias do mandato. Assim, o presidente do STF, ministro Luiz Fux, já anunciou que vai retirar o caso da pauta de julgamentos do plenário da Corte, que pretendia analisar amanhã (21) a manutenção ou não da decisão que determinou o afastamento.

O parlamentar, que era vice-líder do governo no Senado, foi alvo de busca e apreensão da Polícia Federal (PF), que localizou dinheiro escondido em sua cueca. Barroso destacou que, ao pedir licença por mais de 120 dias, o suplente é chamado e o titular não pode voltar ao exercício do mandato nesse período.

Notícias relacionadas