Política

"Escola Sem Partido": Marta Rodrigues diz que discussão do projeto está em nível nacional

Entrevistada na Rádio Metrópole na noite desta segunda-feira (28), a vereadora Marta Rodrigues (PT) comentou a audiência pública realizada por uma comissão especial da Câmara Federal com a presença do deputado João Carlos Bacelar (PTN) para debater o projeto Escola Sem Partido, que é contrário ao que a petista defende: a "Escola Livre". [Leia mais...]

[
Foto : Laura Lorenzo/ Metropress

Por Luiza Leão no dia 28 de Agosto de 2017 ⋅ 18:47

Entrevistada na Rádio Metrópole na noite desta segunda-feira (28), a vereadora Marta Rodrigues (PT) comentou a audiência pública realizada por uma comissão especial da Câmara Federal com a presença do deputado João Carlos Bacelar (PTN) para debater o projeto Escola Sem Partido, que é contrário ao que a petista defende: a "Escola Livre".

"Foi um momento de tensionamento, no início, mas que depois o debate fluiu na casa", relembrou a Marta. Segundo a vereadora, o projeto Escola Sem Partido, contraria o princípio de laicidade do Estado e da Educação e ainda retrocede os princípios da liberdade de expressão e da formação cidadã dos estudantes, ao estabelecer regras do que pode ou não ser dito por docentes em sala de aula.

"Todos os representantes que vieram a nível nacional apresentar a proposta da escola livre, da escola sem censura, da escola sem mordaça, o nome que a gente queira dar", explico.. Ainda de acordo com Marta, o evento ocorreu no Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), e lá foi criada uma frente da Bahia sobre o projeto. "Tem uma outra audiência marcada para a gente discutir a reforma também que está em pauta", adiantou.

Notícias relacionadas